quinta-feira, 28 de novembro de 2013

After the storm...

Bom, demorei um pouco pra voltar no assunto Michael, pq passei dois dias turbulentos desde então, uma verdadeira montanha russa. Sobre o evento: Eu realmente estava de olho na porta esperando que o Michael chegasse pra - dar uma surra nele - conversar e tentar convence-lo a trocar de lugar comigo, enquanto isso a May me ajudava com algumas dicas sobre a hora de servir caso eu realmente não consseguisse meu cantinho na cozinha. O tempo foi passando, e foi quando a Raissa chegou extremamente aliviada por não ter sido ela a escolhida pra guilhotina. Disse que estava esperando o Michael chegar pra pedir minha vaga de volta. Ela me olhou com cara de espantada."Mas o Michael não vem!"
Minha reação foi tipo, What? You mut be kidding me?! Que tipo de pessoa fica com a vaga de outra e depois joga tudo pro alto e não aparece?
Sinceramente se existisse o dia do expurgo Michael seria minha vitima. Me segurei ao maximo pra não correr pro banheiro abrir mais uma ferida na minha pele só pra escapar de tudo aquilo de toda aquela merda sem fim que no final só resulta em uma nota idiota. Mordi minha bochecha com força até a sangrar pq não podia chorar na frente da prof que disse que não estava pra resolver briguinhas de grupo de trabalho, segundo ela - que aproposito entra na minhs lista de thinspo, vou postar ela depois aqui no blog - devemos resolver nossos proprios conflitos sem reportar a comissão julgadora, os professores.
COOL. A maioria vence e eu sou  minoria, fraca, ridicula, gorda que não sabe se defender sozinha. Bela democracia. Vejamos bem:

Team Michael - Miranda, Taina, Gisele, Natalia.
Team Rachel -  May
Sem argumentos ou discussões, assim como diz o nome "mansa como a ovelha", lá fui eu para a guilhotina. O dia foi um fiasco é claro, mas pelo menos ativei o modo starve. Muita gente me pergunta pq eu sou pro ana a vdd é que ela foi a unica que me acalmou nesse dia. Assim que ela soube o que fizeram comigo me colocou no modo NF de proteção durante 32 horas essa foi a unica coisa boa que consegui tirar desse evento. No dia seguinte tinha consulta médica- pediatra- ela me pesou, e claro fechei os olhos e ouvi ela dizer meu peso como sempre faço esperando o pior. Bom, parece que a Ana ficou ao meu lado esse tempo todo e de terça pra quinta eu perdi 2,1kg. Foi algo mirabolante, surreal, eu nunca havia emagrecido tanto em tão pouco tempo. Pensei que a balança da médica estivesse errada, pq eu geralmente me peso em casa, então quando cheguei me tranquei no banheiro e me pesei, aquele numero era real! - 2,1kg
Fiquei nas nuvens por uns 10min sorrindo a toa,
foi um momento em que eu realmente olhei pro céu e agradeci a Deus, a Ana e a Mia por toda essa confusão. Mas é assim que eu vejo s coisas, estava triste o tempo todo com um enorme problema nas costas e pessoas falsas ao redor e então deixei que Ana viesse e tomasse conta de mim dois quilos mais magra e uma vontade tremenda de compartilhar isso com vcs.

Só depois me dei conta de que era dia de ação de graças. LOL!


Nenhum comentário:

Postar um comentário